Quem Somos | Central de Atendimento | Clientes

 

LiveZilla Live Chat Software

Morcego Prevenção Contra Nova Infestação

São muitas as razões para preservar os morcegos :

• São grandes controladores de insetos. Algumas espécies ingerem 200 ou mais insetos em apenas uma hora de vôo.

• São responsáveis pela formação de florestas. Ao ingerir um fruto, um morcego deixa cair as sementes distante do local original, onde nascerá nova árvore. Mais de 500 pequenas sementes podem ser transportadas por um único morcego a cada noite.

• Ajudam na reprodução de mais de 500 espécies de plantas, visitando as flores, como fazem, de dia, os beija-flores, transportando o pólen de flor em flor.

• Há morcegos que se alimentam de pequenos animais, incluindo os roedores, que tanto prejuízo trazem à agricultura.

• São largamente utilizados em pesquisas, incluindo a ação de medicamentos que, no futuro, serão empregados em benefício do homem.

• As fezes de morcegos constituem excelente adubo que são largamente explorados, até no desenvolvimento de adubos sintéticos

• Os morcegos tem sido analisados na utilização do sonar que poderá auxiliar o homem.

• A saliva do morcego vampiro, por ter forte ação anticoagulante, poderá ser largamente empregada para tratamento de várias doenças vasculares.

• Morcego é um importante elo na cadeia alimentar, seu desaparecimento poderá resultar em desequilíbrio e os inconvenientes resultantes poderão ser piores que os causados pela sua simples proximidade.

• Os morcegos são espécies silvestres e, no Brasil, estão protegidos pela Lei de Proteção à Fauna. Sua perseguição, caça ou destruição são consideradas como crime.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Central de Atendimento - Ligue Grátis - 0800.701.4022 | Central de Vendas - (21) 2504-5525 | Reclamações - sac@tamandua.com.br

Horário do Atendimento via Telefone ou Chat : Segunda à Sexta das 8:00 hs às 18:00 hs / Sábado das 8:00 hs às 12:00 hs - exceto feriados

Avenida Paulo de Frontin, 600 - Rio Comprido, Rio de Janeiro - RJ - 20261-240

 

 

 

facebook  twitter  inea