Quem Somos | Central de Atendimento | Clientes

LiveZilla Live Chat Software

Marimbondo Biologia do Inseto

O Marimbondo (vespa), um inseto voador parente das abelhas e das formigas faz parte da ordem dos heminópteros. Esses animais, juntamente com os cupins, são classificados como insetos sociais graças a capacidade de viver em sociedades organizadas em castas  com a presença de uma rainha e várias operárias com divisão clara de trabalho.

Entre os marimbondos, uma das espécies mais conhecidas é a Polybia paulista, também chamada de paulistinha. Ela tem o tórax listrado de preto e amarelo e se parece com uma abelha. Essa espécie costuma fazer seu ninho no beiral ou na varanda das casas.

A maioria dos marimbondos constrói ninhos fechados (como é o caso do paulistinha) ou abertos (como o marimbondo-cavalo), mas algumas espécies, como as vespas-solitárias, fazem seus ninhos no chão, como se fossem uma toca. Independentemente do formato, no entanto, os marimbondos procuram lugares abrigados e onde estejam protegidos de predadores - principalmente formigas e pássaros - para fazer suas casas.

Agressivos dentro da colônia, os marimbondos vivem em harmonia com humanos. Os ninhos são comumente encontrados nas habitações por estarem abrigados de vento e chuva, bem como de ataques de predadores. A convivência entre proprietário e inquilino será sempre pacífica desde que os insetos não se sintam ameaçados. Qualquer movimentação brusca próxima à colônia fará com que todos os indivíduos voltem a atenção ao possível agressor.

Marimbondo cavalo (Polistes) - O típico marimbondão preto pode se tornar agressivo perto do ninho. Sua ferroada é muito dolorida e pode inchar. Pode ser perigosa se tomada na cabeça ou pescoço, devendo ser tratada imediatamente.

Cuidados extras:

  • Não aproximar ou mexer em ninhos de abelhas ou vespas, especialmente se os animais estiverem agitados;

  • Não fazer movimentos bruscos perto de abelhas, vespas ou seus ninhos;

  • Não manipular estes animais;

  • Se for ferroado na cabeça e no pescoço procurar ajuda médica. O inchaço pode obstruir a garganta;

  • Se ferroado, verificar se não está tendo alguma reação alérgica. Tendo alergia, procurar um médico. Quem tem alguma alergia pode pedir ao seu médico lhe receitar anti-alérgicos para serem levados consigo.

O quê fazer depois de uma picada?

Sempre que possível leve com você o inseto que lhe causou a reação ou tente identificá-lo, é muito importante que o médico saiba o tipo do inseto que você pode ser alérgico.
As vespas e marimbondos picam mais de uma vez. Tenha cuidado em não apertar o corpo da abelha quando retirar o inseto, pois pode ocorrer a injeção de mais veneno.
Mesmo se você não tiver reações alérgicas às picadas de inseto, isso pode causar grande desconforto.

Para aliviar a dor você pode:

  • Elevar a parte do corpo que foi picada e colocar gelo ou fazer uma compressa fria para diminuir o edema (inchaço).

  • Não furar qualquer bolha que possa surgir. Limpe as bolhas com água e sabão para evitar infecções.

  • Creme de corticosteróide tópico e anti-histamínico oral podem ajudar a controlar a inflamação e a coceira.

  • Se você estiver com muita coceira (mesmo sem reação alérgica) procure um médico para que ele receite a medicação correta para reduzir o inchaço.

  • Se o inchaço aumentar, procure cuidados médicos imediatamente.

  • Prevenir é o melhor remédio. Diminua o risco de picadas de insetos usando sapatos fechados, meias, luvas e repelentes quando estiver em locais sujeitos a maior exposição.

  • Se você é alérgico a picadas de insetos, seu médico pode recomendar que você adote medidas preventivas para evitar o contato e que tenha sempre a mão medicamentos para tratamento imediato de reações anafiláticas

casa de marimbondo


Algumas espécies de marimbondos sociais, fazem ninhos que consistem de várias células hexagonais que ficam dentro de um envelope semelhante ao papel. Alguns ninhos localizam-se em locais abertos, presos a galhos, sob telhados ou qualquer outro local protegido. Algumas espécies constróem seus ninhos no chão.

Central de Atendimento - Ligue Grátis - 0800.701.4022 | Central de Vendas - (21) 2504-5525 | Reclamações - sac@tamandua.com.br

Horário do Atendimento via Telefone ou Chat : Segunda à Sexta das 8:00 hs às 18:00 hs / Sábado das 8:00 hs às 12:00 hs - exceto feriados

Avenida Paulo de Frontin, 600 - Rio Comprido, Rio de Janeiro - RJ - 20261-240

facebook  twitter  inea